sexta-feira, 30 de março de 2012

Humor ao alto CXLV

Controvérsia

Chegou-se a ela, sapateado à flor do chão

tac! traraaaac! tac!

taac! tac! traraac… taac!

traraaaaaaac! tac!!!

Parou, mão no bolso, a desafiar. Ela soltou os pés, ao rés do salão

pac! prarac… pac! praraaaaaaaaac! pac!!!

Sintética eloquência! Ele ajoelhou, teatral: cabeça baixa, em jeito de rendição. Num repente, contra-atacou

tac! trarac! tac! tac! traraaac! tac! tac!

trarac... tac! tac! trarac! tac! tac! trarac!

tac!

Ela sorriu num leve volteio de anca, fraseou

pac! prarac! pac! prarac! pac! praararac! pac! pac!

pac! pac!

prarac! pac! pac! pac!

Chão ainda a fumegar, contrapôs ele

tac! trarac! trararac! tac! tac!

tac! tac! traraac! trarac! tac! tac!!!

Ela não se calou

pac! prarac! pac! parac! pac! praraac!

pac! pac! parac! pac! pac!!!

E a discussão não mais parou

tac! trarac! pac! parac! tararac! tac! pac!

pac! tac!

pac! tac! pac! tarac! pac!

tac! pac! tarac! tac! parac! tac! pac!

tac!!!

pac!!!

tac! tac! tac!

parac!

tac!

pac!

pac! tac! tac! pac! praararac! pac! tac!

In O caçador de luas, Augusto Baptista, edições gatopardo, 2003

quinta-feira, 29 de março de 2012

Wosquito
Um Mosquito cabeça-no-ar.
In Elucidário oblíquo do reino dos bichos, pág. 51, Augusto Baptista

quarta-feira, 28 de março de 2012

Tentação
Tentação é assunto vegetal: maçã.
In Histórias de coisa nenhuma e outras pequenas significâncias, pág. 45, Augusto Baptista

terça-feira, 27 de março de 2012

Senhores da Gramática, admite-se sobrecarregar batráquio saltador com til?
In Histórias de coisa nenhuma e outras pequenas significâncias, pág. 42

segunda-feira, 26 de março de 2012

Orca
Orca em apartamento não é opção assisada. O tamanho das banheiras e a área das assoalhadas são factores traumáticos para cetáceo. Hipopótamo, quiçá rinoceronte, parecem escolhas mais sensatas. Entretanto, se tem a sorte de viver em moradia de tecto alto, deixe-se tentar pela meiga companhia de girafas: há exemplares com pêlo anti ácaro, laváveis, e os miúdos adoram-nas.
In Histórias de coisa nenhuma e outras pequenas significâncias, pág. 34, Augusto Baptista

sexta-feira, 23 de março de 2012

Crueldade
Crueldade é atirar ao lixo a gaiola, com o passarinho dentro.
In Histórias de coisa nenhuma e outras pequenas significâncias, Augusto Baptista, pág. 14

quarta-feira, 21 de março de 2012

Humor ao alto CXLIV

terça-feira, 20 de março de 2012

Humor ao alto CXLIII



segunda-feira, 19 de março de 2012

Humor ao alto CXLII

sexta-feira, 16 de março de 2012

Humor ao alto CXLI




Humor ao alto CXL

quinta-feira, 15 de março de 2012

Humor ao alto CXXXIX

segunda-feira, 12 de março de 2012

Humor ao alto CXXXVIII

Humor ao alto CXXXVII

Humor ao alto CXXXVI